Economia do Reino Unido cresce ao ritmo mais lento desde 2012

No ano passado, a economia britânica cresceu ao ritmo anual mais baixo em seis anos em 2018 numa altura em que o contexto político está marcado por incertezas quanto ao ‘Brexit’ e que a economia global dá sinais de mais fraqueza. O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido registou uma forte contratação no passado mês de dezembro, terminando o ano nos 1,4%, quando no período homólogo tinha sido de 1,8%, de acordo com a informação divulgada esta segunda-feira pelo Office for National Statistics (ONS).

Trata-se do crescimento mais lento desde 2012 e deveu-se sobretudo a uma produção industrial mais lenta e à desaceleração na produção de carros, segundo o gabinete de estatísticas britânico. No quarto e último trimestre de 2018, o crescimento economia do Reino Unido também desacelerou, para 0,2%, quando nos três meses anteriores, até setembro, tinha assinalado 0,6%.

“O PIB desacelerou nos últimos três meses do ano, com a indústria automóvel e os produtos de aço a registar quedas íngremes e a construção igualmente a cair. Contudo, os serviços continuaram a crescer, com o setor da saúde, consultoria de gestão e tecnologias da informação bem”, disse Rob Kent-Smith, responsável de Contas Nacionais da ONS.